Código Hash: Como gerar o seu? - Certidão de Inteiro Teor

Código Hash: Como gerar o seu?

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 28 jan 22
código hash

No atual contexto em que vivemos, se tornou algo comum realizar algumas atividades de forma virtual, sendo preciso utilizar o Código Hash.

Esse elemento é pouco conhecido por muitos usuários, principalmente pelo fato de ser um método técnico de criptografia.

Sabe-se que a criptografia tem o objetivo de analisar e identificar um conjunto de dados informacionais.

Assim, documentos eletrônicos importantes como petições, despachos, certidões, sentenças, dentre outros, não poderão conter fraudes ou qualquer outro tipo de alteração.

Mediante isso, o resultado da aplicação da função hash, é uma sequência de caracteres e números conhecidos que permite verificar a veracidade do documento.

Agora que você tem uma noção geral sobre o Código Hash, vamos te ensinar como você pode gerar o seu.

Código Hash: Como gerar?

Antes de falar sobre o Código Hash é preciso entender onde ele é usado.

De acordo com o Art. 10 do Provimento nº 46/2015 do Conselho Nacional de Justiça, os oficiais de Registro Civil devem consultar a CRC antes de emitir a Certidão Negativa.

Assim, deve-se verificar se determinado registro consta na Central, já que o mesmo pode estar armazenado em outro cartório.

Caso o registro não tenha sido identificado, o oficial de Registro Civil deve emitir a Certidão Negativa e inserir o código gerado na consulta.

Para emitir o código, se deve:

  1. Acessar o portal de Registro Civil do seu Estado
  2. Clicar em “Consultar pessoa física” e verificar os filtros dos dados que serão consultados
  3. Caso não tenha sido localizado o registro, basta clicar na opção “Gerar Código”.

O código será gerado e exibido na tela para que copie e o utilize na certidão negativa.

O oficial de cartório deverá constar a Certidão Negativa no site do Registro Civil do Estado, para que o cidadão possa verificar o código quando necessário.

O que é esse código?

A função Hash é um algoritmo explorado para garantir a integridade de documentos e dados eletrônicos.

Por meio disso, um perito consegue verificar a veracidade e a lisura da documentação.

Além disso, é possível analisar se houveram alterações desde a época em que o documento foi criado e emitido.

Pequenas alterações já podem acarretar em alterações no código original, revelando assim, falta de integridade do documento ou dado.

Assim, compreendemos que o código é um algoritmo matemático voltado à criptografia.

No qual, ocorre uma transformação do documento (arquivo, petição, senha, etc) em grupos alfanuméricos com caracteres fixos.

Vale ressaltar que o código mapeia grandes dados informacionais e de tamanhos variáveis para pequenos e de tamanho fixo.

Assim, fica definido que realizar um Hash de um documento, é realizar um cálculo sobre o mesmo e gerar um conjunto alfanumérico como resultado.

Esse conjunto será como uma imagem do documento e quaisquer alterações produzirão mudanças no resultado do cálculo.

A seguir falaremos sobre três principais aplicações do código.

Busca de elementos em bases de dados

É bastante utilizado em banco de dados e em estruturas de dados em memória.

Essa aplicação funciona baseando-se em construções de índices tais como índices de livros.

Em índices Hash, a busca pela informação é através do resumo e não do dado, por isso, a necessidade de ter um índice como o de um livro.

Verificação de integridade de dados grandes

Aplica-se a função Hash na verificação de integridade de forma direta ao dado, salvando-se o resumo gerado.

Após o dado ser gerado para o receptor, o mesmo calcula o resumo do dado recebido e obtém um novo resultado.

A partir disso, se os resumos forem iguais, os dados são iguais.

Caso haja discordância, recomenda-se um novo download do dado.

Armazenamento de senhas com segurança

No servidor, apenas o resumo da senha do usuário será guardado.

No momento que o usuário inserir a senha, será calculado o código da senha e o servidor irá comparar com o resumo já armazenado.

Caso os resumos sejam iguais, o usuário obterá a autenticação.

Essas são as funções e importantes definições do Código Hash.

Acompanhe nosso blog e fique sempre informado!

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Comentários

Conteúdos Relacionados

Certidão Negativa de Naturalização: Quem deve solicitar?

Certidão Negativa de Naturalização: Quem deve solicitar?

Se você está em processo para requisitar sua Cidadania Italiana, emitir uma Certidão Negativa de Naturalização é fundamental. Este certificado é obrigatório para quem pretende candidatar-se à dupla nacionalidade e é de fácil candidatura, podendo ser solicitado...

ler mais
Cidadania Alemã: Saiba como conseguir a sua!

Cidadania Alemã: Saiba como conseguir a sua!

A Cidadania Alemã permite ter os mesmos direitos de nativos dentro da Alemanha ou qualquer país da UE. Muitos países da União Europeia têm um fluxo migratório intenso para o Brasil, principalmente entre os séculos XIX E XX. Por estar dentro da União Europeia, a...

ler mais
Reconhecimento de Paternidade Socioafetiva: Como ocorre?

Reconhecimento de Paternidade Socioafetiva: Como ocorre?

O Reconhecimento de Paternidade Socioafetiva é algo tão comum e necessário para oficializar aquilo que a família já sente no coração. A ligação sanguínea não é a única coisa que constitui e firma uma família. O vínculo afetivo, o elo psicológico e o convívio diário...

ler mais